Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 18/09/2015

Compartilhar

Editorial


Na terça-feira, 15/09, aconteceu a 27ª sessão da Câmara Municipal de Ubatuba. A Vereadora Flavia em suas considerações foi incisiva em suas declarações a respeito do Decreto nº 6217, de 08 de Setembro, publicado no Jornal Diário do Litoral em 11/09/2015, sobre o expediente do Serviço Público Municipal com a finalidade de reduzi-lo sob a justificativa de contenção de despesas. Afirmou que o que falta é "Gestão" em todos os setores e planejamento. Lembrou que votou contra a criação dos cargos comissionados, pois essa medida onerava os cofres públicos. E agora estão aí os resultados, até possível dispensa de guarda - mirins para redução de despesas e como sempre a corda arrebenta do lado mais fraco. Citou várias situações em que se nota a ineficiência da gestão e falta de planejamento como é no caso da Central da Dívida Ativa, onde não tem procedimento, as coisas não são resolvidas com rapidez demonstrando a falta de eficiência no atendimento, mas não por culpa dos funcionários e sim por falta de planejamento. Falou também que chegou ao seu conhecimento que vários prestadores de serviços com contratos com a PMU não recebem há 04 meses. Entre outras mazelas citou também a denúncia feita por ela ao Ministério Público sobre o superfaturamento da merenda escolar fato que foi anunciado pela mídia em geral. Comentou ainda que os reflexos da má gestão não estão só no nível municipal, mas também no Governo Federal como por exemplo várias medidas que foram anunciadas pelo Governo Federal como a volta da CPMF como contribuição provisória, aumento de impostos...bilhões de déficit de dívida. A Vereadora encerrou sua fala dizendo que como conseqüência de todos esses desgovernos sempre é a população que paga a conta.

Voltar