Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 17/03/2020

Ubatuba reúne instituições e solicita apoio para evitar aglomerações na cidade


Medida visa conter a disseminação do coronavírus (COVID-19) 

 

Na tarde da última segunda-feira, 16, secretários de diversos setores da Prefeitura, estiveram reunidos com o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, e órgãos ligados ao trade, para discutir ações para minimizar os impactos do coronavírus (COVID-19) na cidade.

Instituições como Associação Comercial, Associação dos Ambulantes, Associação dos Quiosqueiros, Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Ubatuba – Sinhores, Convention Bureau de Ubatuba, Aquário de Ubatuba, Conselho de Segurança – Conseg, Ordem dos Advogados do Brasil - OAB e associação dos Engenheiros participaram visando encontrar alternativas para evitar aglomerações e grande movimento na cidade, como uma forma de frear a disseminação do vírus.

Foi solicitado o apoio de órgãos federais e estaduais, como as Polícias Rodoviárias, que irão colaborar com a conscientização e realização de uma espécie de “barreira sanitária”, que será instalada nas três entradas do município.

Essa ação será executada por equipes da Vigilância em Saúde, Guarda Civil Municipal e fiscalização da Companhia Municipal de Turismo- Comtur, que irão abordar os veículos que chegam à cidade, promovendo a conscientização.

“Estamos trabalhando para que a cidade seja preservada com precaução. Não vamos impedir ninguém de vir a Ubatuba, mas vamos aconselhar para que tenham o maior cuidado possível e, também, neste momento, não venham só a motivo de Turismo em meio a aglomerações, como praias, por exemplo, pois é o contato que dá mais possibilidades de disseminação do vírus”, solicitou Sato.

Questionado sobre a possibilidade de “fechar” as entradas da cidade, o prefeito explicou que esse tipo de medida não é de sua competência, visto que a Constituição Federal garante o direito de ir e vir das pessoas e é algo que somente o presidente pode estabelecer.

“Já declarei a gravidade, tomamos as medidas jurídicas estabelecendo decretos. Fizemos nossa parte e convocamos os segmentos sugerindo que sigam porque não tenho poder para impor aos particulares que façam. Estou pleiteando todos os recursos possíveis, também, para amparar quem apresentar algum problema”, acrescentou o prefeito.

No encontro, Sato sugeriu que os hotéis e pousadas possam repensar conceder novas vagas/reservas pelos próximos 15 dias e, também, que os que os empresários donos de estabelecimentos, também possam aderir as medidas propostas pela Prefeitura. Alguns quiosques e comércios, inclusive, já estão comunicando a anuência à postura.

A Comtur informou que está suspensa a emissão de guia de entrada de veículos de Turismo na cidade, como vans, micro-ônibus e ônibus até o dia 31 de março. “As guias já emitidas poderão ser utilizadas, mas não emitiremos novas até a data, visando evitar aglomerações na cidade. O sistema do site que viabiliza o recurso está fora do ar e, caso algum veículo seja pego sem as guias, serão aplicadas multas”, reforçou o presidente da instituição, José Americano.

 

Número de casos suspeitos

Até a amanhã desta terça-feira, 17, Ubatuba possui um total de 10 casos suspeitos. Nenhum ainda foi confirmado.

Para conferir o andamento, foi criada uma página com os dados dos boletins, que serão emitidos diariamente. Acesse: https://www.ubatuba.sp.gov.br/sms/boletinscovid/

Além disso, para combater as fakenews que estão circulando, a Prefeitura de Ubatuba desenvolveu um portal que reúne todas as notícias e medidas que estão sendo tomadas no município, por meio do link https://www.ubatuba.sp.gov.br/sms/tudosobrecoronavirus/ .

As informações também estão sendo divulgadas em seus canais oficiais, como página do Facebook - https://www.facebook.com/PrefeituraMunicipalDeUbatuba/ e o nosso perfil no Instagram - @ubatubapref

 

Um recado especial aos turistas e moradores:

Ubatuba é uma cidade essencialmente turística – essa é uma das nossas principais formas de economia e renda.

Porém, diante das orientações de órgãos de saúde, nos âmbitos Estadual e Federal, solicitamos o bom senso e seguir as seguintes recomendações:

Evite deslocamento e aglomeração;

Evite trânsito e viagens – para moradores de Ubatuba e pessoas que vêm de fora;

Não saia de casa se não for preciso.

 

 

----------------------------------------

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU

 

Voltar