Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 13/04/2018

Ubatuba: confira postos que vacinam contra a febre amarela neste fim de semana


Ainda há 27 mil pessoas sem vacina; secretaria de Saúde pede esforço de mobilização

 

Cerca de 150 pessoas, entre profissionais da saúde e lideranças comunitárias, participaram na quinta-feira, 12, de reunião sobre a febre amarela no município, realizada no Teatro Municipal de Ubatuba. Até a data, havia um total de 11 casos suspeitos da doença no município dos quais dois foram a óbito. A maior parte dos casos tem a região Norte de Ubatuba como local provável de infecção.

“A situação é grave. O estado de São Paulo não tem infraestrutura de assistência a todos os que podem ficar doentes”, destacou o secretário de Saúde, Roberto Tamura. O alerta é dirigido especialmente para as cerca de 27 mil pessoas de Ubatuba que ainda não tomaram a vacina, apesar de ela estar disponível tanto nas unidades de saúde quanto em postos volantes casa a casa e em locais de grande movimentação como o Calçadão do Centro e supermercados.

“A febre amarela não é como a dengue: ela rapidamente evolui para uma forma grave e a possibilidade de levar a óbito é alta, muito maior que a possibilidade de um indivíduo ter reação grave à vacina, que é de 1 em 1 milhão de casos”, destacou Patricia Sanches, supervisora de Vigilância em Saúde. “No ano em que tivemos uma epidemia de dengue, com milhares de casos registrados da doença, tivemos um óbito apenas. Hoje, com apenas 11 casos suspeitos, já temos uma morte confirmada e aguardando o retorno de dois outros óbitos. Isso porque a doença ainda está em áreas isoladas, com pouca população. Imaginem quando chegar ao Centro e a regiões mais povoadas como o Taquaral, Ipiranguinha e o Centro”, acrescentou.

No balanço da vacinação divulgado no final da tarde de quinta-feira, um total de 59,3% da população de Ubatuba já tinha se vacinado. “Houve um salto desde a segunda-feira, porém, ainda assim, há muita gente que precisa se vacinar”, contou Patricia.

Os representantes da Saúde esclareceram dúvidas colocada pela população presente ao encontro e chamaram cada pessoa a se envolver ativamente, contribuindo para estimular as pessoas a se vacinarem e derrubando os boatos sobre a vacina fracionada.

“Temos cerca de 2 mil pessoas na cidade que não podem tomar a vacina. Essas pessoas estão em risco e devem evitar as áreas de infecção e usar repelentes. Mas elas podem estar imunizadas de forma indireta quando as demais pessoas do seu convívio tomam a vacina”, explicou Patricia.

A secretaria de Saúde informou que no fim de semana a vacina continuará a ser oferecida em vários pontos e durante a semana em horários especiais, para atender a quem tem dificuldades de se deslocar durante o horário comercial. Vacine-se e ajude a divulgar!

 

HORÁRIOS E LOCAIS ALTERNATIVOS DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA

 

SÁBADO, 14 DE ABRIL DE 2018

Local de vacinação

Horário

Supermercado Maná (Estufa II)

das 9 às 17 horas

Maranduba - próximo à Farmácia do Darci

das 9 às 17 horas

Calçadão – Centro

das 9 às 19 horas

Posto ESF Ipiranguinha

das 8 às 17 horas

Posto ESF Itamambuca

das 8 às 17 horas

Posto ESF Perequê-Açu

das 8 às 14 horas

Feira livre (Praça BIP - Centro) – volante

das 8 às 12 horas

Taquaral – volante

das 13 às 17 horas

Sumidouro e Usina Velha - volante

das 8 às 17 horas

Igreja do Itaguá

a partir das 19:30 horas

 

DOMINGO, 15 DE ABRIL DE 2018

Local de vacinação

Horário

Igreja do Itaguá

a partir das 7:30 horas

Itaguá - ao lado do campo de Futebol (Rua Capitão Felipe)

das 8 às 14 horas

Igreja do Itaguá

a partir das 19:30 horas

 

 

DE SEGUNDA A SÁBADO (16 A 21 DE ABRIL DE 2018)

Tenda Calçadão

de 2ª a Sábado

das 9 às 19 horas

 

UNIDADES DE SAÚDE COM VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA EM HORÁRIO ESTENDIDO NO PERÍODO DE 16 A 20 DE ABRIL DE 2018

Região Norte

Itamambuca

4ª feira

das 8 às 20 horas

Puruba

3ª e 5ª feira

das 8 às 20 horas

Região Oeste

Ipiranguinha

2ª, 4ª e 6ª feira

das 8 às 20 horas

Marafunda

3ª e 5ª feira

das 8 às 20 horas

Região Sul

Sertão da Quina

2ª, 4ª e 6ª feira

das 8 às 20 horas

Região Centro-Sul

Perequê Mirim

3ª e 5ª feira

das 8 às 20 horas

Voltar