Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 14/12/2017

Representantes da Vivo reúnem-se com Procon do Circuito Litoral Norte


Segundo empresa, em Ubatuba, serviço teve melhoria de 80% na planta

Na tarde de quinta-feira, 07, representantes da Vivo participaram de uma reunião com os responsáveis do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) das cidades do Litoral Norte a fim de apresentar as melhorias implantadas no sistema de internet nos municípios, além de ter um feedback sobre o índice de reclamações e mensurar eficácia das benfeitorias.

De acordo com o coordenador do Procon de Ubatuba, Andremar Marcondes Cardia. Em Ubatuba os índices de reclamação caíram. De acordo com a Consultora Institucional, Patrícia Lemos Lara, Ubatuba teve 80% de sua planta melhorada e o sinal foi melhorado em 19 pontos.

“O serviço melhorou bastante e as reclamações diminuíram, então, tenho que parabenizar”, afirmou Cardia.

“Os encontros têm lados positivos? Têm. Depois do encontro em maio, sentimos uma melhora, pelo menos em Caraguatatuba. Tivemos muitos problemas no começo, mas agora não mais. Somente do nosso último encontro para cá voltaram algumas reclamações, então é bom verificar. A maioria é referente às ofertas por call center, problemas na qualidade do serviço e multa por desistência do contrato”, explicou o coordenador do Procon de Caraguatatuba, Aliex Moreira.

Demonstrando disposição em solucionar as questões apresentadas pelo município, Patrícia explicou que a proposta é a atuação nos quatro municípios, mas fez uma ressalva sobre a dificuldade de atuação em Ilhabela, uma vez que o acesso à rede e estrutura é mais complicado devido a condições geográficas.

“Ainda assim, atuamos em Ilhabela da mesma forma. Porém, lembramos que isso contribui para as dificuldades encontradas pela população de São Sebastião, pois além de apresentar um número maior de clientes, o apoio à Ilhabela gera uma sobrecarga, que dificulta a percepção das melhorias implantadas”, esclareceu.

Diante de vários questionamentos apresentados pelo coordenador do Procon de São Sebastião, André Batelochi,  Patrícia  garantiu que o nível melhorou, principalmente, no que tange à internet móvel. Ela ainda lembrou da ciência da empresa sobre às questões do speed e da internet de fibra, que ainda não foi implantada. “Percebemos os clientes descontentes pela falta do speed e não por problemas constatados”, disse.

Investimento

Com relação ao investimento, a Vivo afirmou que a maioria foi feita na cobertura da rede móvel, que melhorou alcance e capacidade. “Não é preciso fazer novas estruturas (torres) para atender melhor. Sem esse custo, consigo aumentar o sinal”, apontou. Entretanto, ela destacou que existe um planejamento para esse aumento de capacidade e que a empresa segue o cronograma.

“A proposta é melhorar o serviço nos quatro municípios e estamos fazendo. Essa percepção é melhor observada na rede móvel. Em seguida, o planejamento é a implantação da internet via fibra, mas precisamos de uma serie de recursos, como técnicos, por exemplo. Asseguro que o que tiver dentro de nossas condições, vamos fazer”, garantiu.

Temporada

Patrícia também lembrou os problemas apresentados na época da temporada, devido à superlotação nas cidades litorâneas durante o período.

“Na alta temporada, a ideia é que o usuário sinta o impacto da sobrecarga o menos possível , até porque, utilizamos torre móvel como alternativa. O turista que teve em Ubatuba em 2016 vai observar uma melhora, porque vai operar melhor, mas durante os picos, pode ser que ocorra lentidão”, alertou.

“Após o carnaval, que marca o início da diminuição do fluxo de turistas, é preciso que, principalmente o status da rede móvel seja observado, para que a empresa faça uma análise de desempenho”, concluiu Patrícia. Dessa forma, o próximo encontro deve acontecer no final de fevereiro de 2018.

 

Voltar