Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 14/12/2017

Arboviroses são tema de capacitação de médicos e enfermeiros em Ubatuba


Programa inclui abordagem a pacientes com sinais de dengue, zika, chikungunya e febre amarela e apresentação de dados estatísticos

 

Um total de 42 médicos e enfermeiros das equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) participaram na tarde desta sexta-feira, 8, de uma capacitação sobre as arboviroses: dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

A abordagem a pacientes com sintomas de arborviroses foi o foco da primeira parte do treinamento, realizada pelo médico infectologista Fernando Bergel. Os temas incluíram aspectos como sinais de gravidade, procedimentos para confirmação de diagnóstico, tratamento e critérios de acompanhamento, entre outros.

Já na segunda parte do treinamento, a enfermeira Ângela Maria Costa, da Vigilância Epidemiológica, apresentou os números de casos de arboviroses em Ubatuba. Até o momento, há somente um caso de chikungunya importado e quatro notificações de zika como procedimento padrão em caso de grávidas que apresentam exantema (erupções cutâneas), dos quais três já estão descartados.

Em relação à dengue, há um total de 11 casos autóctones confirmados por exame laboratorial e um confirmado por exame clínico, entre um total de 424 casos notificados. Esse número pode mudar ou não em função do resultado dos exames que estão em andamento laboratório.

Na próxima quinta-feira, 14, a capacitação será dirigida aos agentes comunitários de saúde e técnicos de enfermagem.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU

 

Voltar