Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 10/07/2017

Professores da Rede Municipal de Ensino terão aulas gratuitas de Italiano


Iniciativa é uma parceria do Consulado Italiano com a Prefeitura de Ubatuba

A aula inaugural do curso de Italiano para professores da Rede Municipal de Ensino aconteceu no início da noite de terça-feira, 6, no auditório da Universidade de Taubaté (Unitau).

Essa é uma iniciativa do Consulado Italiano em uma parceria com a Prefeitura de Ubatuba. O modelo já existe em Caraguatatuba e em outras cidades do Vale, como Guaratinguetá.

Os professores puderam se apresentar e comentaram sobre a dinâmica e a didática do curso, esclarecendo diversas dúvidas dos 82 presentes.

“Tenho experiência em dar aulas particulares. Espero poder passar todo meu conhecimento para vocês. Vamos tentar construir algo interessante. O italiano é um idioma lindo”, enfatizou o professor Vittorio Colacchio.

 “Viemos para o Brasil por escolha e estamos aqui porque gostamos. Vai ser um prazer dar aulas de italiano a vocês, pois a nossa bagagem de vivência na Itália é grande”, afirmou a professora Margherita Villa.

O secretário de Educação, professor Hélio José de Paula, agradeceu a todos os presentes em nome do prefeito, que está em viagem, e disse que a oportunidade é um grande privilégio.

“A abertura das nossas portas e ideias no início da gestão só fez com que conhecêssemos pessoas maravilhosas. Essa é a proposta de aprendizado de uma língua nova e que há possibilidade de continuidade – uma semente que acreditamos que vai frutificar. Aproveitem o curso, pois a única exigência deles é o compromisso de vocês”, afirmou o secretário.

Colacchio ainda comentou a expectativa do Consulado em promover a oportunidade. “O retorno para o Consulado é a difusão da cultura e da língua italiana”, acrescentou.

Como funciona

O curso será gratuito e terá a duração de três anos. Serão cinco módulos de 90 horas cada, totalizando 450 horas. Durante o primeiro e segundo módulos, as aulas abordarão gramática e dinâmica da língua, além de técnicas didáticas para o ensino do idioma.

A partir do terceiro módulo, os docentes vão desenvolver projetos em suas unidades escolares, que serão acompanhados durante as aulas.

O curso terá início no dia 3 de agosto. Devido à grande procura – cerca de 180 inscrições - serão cinco turmas divididas em três dias da semana: quartas, quintas e sábados.

Voltar