Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 05/05/2017

Representantes da Prefeitura de Ubatuba participam de capacitação da Aprecesp


Parceria com o Senac aborda desenvolvimento estratégico do Turismo 2017

 

Ubatuba enviou representantes ao segundo workshop que compõe o curso sobre desenvolvimento estratégico do Turismo 2017, promovido pela Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias do Estado de São Paulo – Aprecesp em parceria com o Senac.

O evento aconteceu na última quinta-feira, 4, na cidade de Guaratinguetá e compareceram funcionários do setor de Convênios e das secretarias de Turismo e Comunicação da Prefeitura de Ubatuba, além do vereador Welington de Moura.

O objetivo da Aprecesp é fomentar o turismo paulista, divulgando o estado e também atraindo turistas internacionais com base em uma gestão descentralizada e participativa. “O turismo é fator de desenvolvimento social e econômico”, frisou o gerente executivo Aprecesp, Carlos Fernando Zuppo.

Regionalização

A serie de workshops visa consolidar um grupo de trabalho, capacitando seus membros para trabalhar com o ranqueamento das estâncias tuirísticas do Estado, previsto para abril / maio de 2018. O objetivo do curso é preparar a estância para esse ranqueamento, com base na Lei 1.261 de 2015, mostrando os pontos fortes e fracos do município, o que e como é necessário  desenvolver determinados aspectos trabalhando, principalmente, com o plano plurianual.

Zuppo destacou que a intenção é que “o prefeito de cada escolha esse time, por meio de ato oficial,  e constitua um grupo de trabalho”.

A Lei 1.261 estabelece condições e requisitos para a classificação de Estâncias e de Municípios de Interesse Turístico (MIT) e dá providências correlatas – o que influencia diretamente no valor do repasse de recursos conforme classificação.

 

Confira alguns temas abordados na ocasião:

 

2ª Aula  - Workshop Tendências e planejamento: como definir parâmetros e projetos estratégicos para sua gestão.

Objetivo: Apresentar critérios, indicadores e parâmetros estabelecidos por documentos norteadores oficiais, bem como suas interconexões com o planejamento turístico estratégico de forma a criar referenciais que inspirem o surgimento de propostas para o setor.

Programa:

• Benchmarking de Planos Estratégicos de turismo;

• Ferramenta de Planejamento Estratégico Situacional PES;

• Debate articulado sobre tendências e desafios;

• Análise dos principais documentos de parametrização

 

O foco foi voltado para o conceito de cidades inteligentes, que se consolidam como espaços turísticos inovador es que dispões de tecnologia de ponta, sem esquecer o desenvolvimento sustentável.

A palestra ressaltou  a importância de visualizar e acompanhar as tendências do mercado, como a economia compartilhada, criando algo inovador, compreendendo seu rumo,  antecipando a mudança e gerando valor ao público.

Voltar