Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 28/04/2017

CMT aprova primeira etapa do Plano Municipal de Turismo de Ubatuba


Oficinas nos bairros Picinguaba, Maranduba e Centro fazem parte do diagnóstico

 

Na última reunião ordinária do Conselho Municipal de Turismo CMT de Ubatuba, realizada na quarta-feira, 26, a empresa Urbatec fez uma apresentação do inventário da oferta turística da cidade, em que foram levantados os estabelecimentos que  compõem a rede hoteleira e gastronômica do município, além dos serviços de entretenimento, atrativos ambientais, culturais e religiosos – documento que foi aprovado com as devidas  considerações feitas pelo Conselho.

O PDITS – Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável é uma solicitação do Governo do Estado através da Lei Complementar nº 1261/15, que estabelece condições e requisitos para a classificação de estâncias e de municípios de interesse turístico a fim de que possam receber os recursos do fundo de melhorias das estâncias.

Uma das exigências da nova lei é que as estâncias utilizem 15% dos recursos em serviços de promoção, capacitação e divulgação das cidades, sendo essa uma iniciativa pioneira.

O plano teve início em setembro de 2016. Nessa nova gestão, está sendo acompanhado e discutido com o secretário de Turismo, Luiz Bischof, que deu a empresa até dia 29 de abril para a entrega da primeira etapa, solicitando uma nova dinâmica nos trabalhos e ajustes no inventário, apontada pelo CMT no início de seus trabalhos de campo no governo passado.

Na primeira reunião ordinária do Conselho no fim de janeiro, o secretário solicitou a composição de um grupo de trabalho para acompanhar o inventário turístico. A próxima etapa do plano consiste na realização de três oficinas com a população no final de maio, que serão realizadas na Picinguaba, Maranduba e Centro, tendo suas datas, horários e locais publicadas na próxima semana.

O resultado irá compor o diagnóstico de Ubatuba quanto a sua oferta de serviços e norteará os investimentos municipais no turismo da cidade.

 

“Parabéns ao prefeito Sato que nos motivou na realização desse trabalho sério para Ubatuba e ao apoio e seriedade que o Conselho Municipal de Turismo teve ao acompanhar as etapas do inventário, discutindo com responsabilidade frente aos caminhos que Ubatuba precisa alcançar para seu desenvolvimento turístico”, concluiu Bischof.

 

Voltar