Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 31/03/2017

Compartilhar

Ubatuba terá I Jornada do Transtorno do Espectro Autista de Ubatuba


Iniciativa é da Associação de Pais do Espectro Autista Ubatuba com apoio da Prefeitura e Câmara Municipal

 

Em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização ao Autismo, comemorado no dia 02 de abril, a de Associação de Pais do Espectro Autista Ubatuba (APEAU) realiza a I Jornada do Transtorno do Espectro Autista de Ubatuba nos dias 05, 06 e 07 de abril, das 18h às 20h, na Câmara Municipal.

O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba, com a participação de profissionais das secretarias de saúde, educação  e esporte, e da Câmara Municipal, que cederá o espaço.

A iniciativa faz parte da realização de uma “semana de apoio aos portadores de Transtorno do Espectro Autista”,  instituída por meio da Lei 3970/17, de 14 de março de 2017.

Na programação, constam uma serie de palestras, que terão uma carga horária de 6 horas com concessão de certificados.

Confira os temas:

“Autismo: diagnóstico e perspectivas terapêuticas” – Ana Carolina Alfani – psiquiatra da infância e da adolescência

“A importância do olhar individual para o autismo” – Angélica Cubas Duarte – Psicóloga

“Autismo e linguagem” – Maria Angélica Rufino – Fonoaudióloga

“Autismo: estratégias para ampliar a autonomia nas atividades da vida diária” – Jéssica Nakayama – Terapeuta Ocupacional

“Mitos e verdades sobre  o autismo” – mesa de debate com profissionais do esporte, saúde e educação

 

Cinema

Além da jornada, uma sessão de cinema será realizada especialmente para crianças com necessidades especiais. O filme será transmitido na manhã de terça-feira, 04 de abril, às 8 horas da manhã. Os ingressões custarão R$ 6 reais e a pipoca já está inclusa no valor.

 

Formulário

A  Associação ainda conta com  um formulário online para cadastrar pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) que moram na cidade de Ubatuba.  O preenchimento é importante porque existe uma dificuldade em identificar os cidadãos com autismo.

Basta acessar o link https://goo.gl/forms/AZs8zsLrvvzQXIXG3

Voltar