Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Caraguatatuba
Publicado em 16/03/2016

Compartilhar

Primeira Feira de Economia Solidária de Ubatuba vem aí!


Grupos inscritos se reuniram na segunda, 14, para discutir detalhes da preparação

 

Grupos comunitários, associações, empreendimentos de economia solidária e gestores públicos participaram na segunda-feira, 14 de março, na EM José de Anchieta, de reunião preparatória à inauguração da primeira Feira de Economia Solidária de Ubatuba. O evento acontecerá no sábado de Páscoa, 26 de março, na Praça 13 de Maio, no Centro da cidade, das 15 às 21 horas, e é aberta a toda a população.

Na reunião, os cerca de 20 empreendimentos solidários inscritos compartilharam informações sobre os trabalhos que realizam e discutiram detalhes da logística, como os horários de montagem e desmontagem da feira, as responsabilidades de cada expositor, a gestão de resíduos sólidos gerados pela feira e a programação.

A feira do dia 26 de março será um piloto para a feira permanente. Ela vem sendo preparada por uma comissão constituída pelo Conselho Municipal de Economia Solidária, que envolve organizações da sociedade civil e gestores públicos.

Além de mostra e comercialização de produtos de diferentes segmentos, como alimentação, produção orgânica, artesanal, confecção e reciclagem, a programação da feira inaugural inclui diversas atividades culturais. Teatro, apresentações musicais e roda de diálogo sobre a economia solidária se desenvolverão ao longo da feira, que contará também com um espaço para troca de livros, organizado pela Biblioteca Municipal Ateneu Ubatubense.

O secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Maurici Romeu, lembrou que é importante que as comunidades tradicionais – quilombolas, indígenas, caiçaras - fortaleçam sua organização na economia solidária para que possam avançar na defesa de seu modo de vida, baseado na qualidade de vida, na preservação ambiental e de suas tradições culturais, como é o caso da festa da Caiçarada.

Economia solidária na prática

Entre os participantes da reunião estavam, por exemplo, Silmara Retti, do Instituto Blablabla Posithivo, organização que promove a prevenção às DSTs/Aids e inclusão social: “Moro há 30 anos em Ubatuba e é a primeira vez que temos a oportunidade de fazer uma feira desse tipo”, destacou.

Outra expositora é dona Ondina de Lima Santos da Cruz, do grupo Artes do Perequê-Açú, que trabalha há seis anos com artesanato feito de material reciclado e desenvolve também um trabalho social voltado para crianças. Já o Ateliê Kanto do Lando reúne artesãos do Ipiranguinha que reciclam telhas de cerâmica para fazer vasos artesanais, entre outras peças.

No segmento de alimentação está o coletivo Prasada, que vai comercializar diferentes tipos de produtos, desde alimentação vegana (produzida sem ingredientes de procedência animal) até cerâmica e artesanato. “Prasada é um termo proveniente da Yoga e significa ‘alimento abençoado’ ou ‘comida que se faz para oferecer a Deus’”, explicou Larissa Duarte, uma das integrantes.

A próxima reunião de preparação da feira acontecerá no dia 21 de março, às 15 horas, em local a ser confirmado.

Maiores informações, ligar para: (12) 3834-3502 (com Rosa ou Bruno) ou (12) 3833-3500 (com Carolina).

 

Voltar