Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 20/11/2015

Compartilhar

Ubatuba Pro Surf 2015


Objetivo é diminuir quantidade de lixo enviada para aterro, colaborar com a proteção do meio ambiente e multiplicar ações educativas e de conscientização


A etapa decisiva do Ubatuba Pro Surf 2015 começa hoje sexta-feira, 20, na Vermelha do Centro e a Associação Ubatuba de Surf introduz pela pela primeira vez em um evento um trabalho de gestão de resíduos.


De acordo com a equipe de meio ambiente da AUS, a iniciativa conta com apoio da New Thoughts – Soluções em Desenvolvimento Sustentável e não é apenas motivada pela recente mudança na legislação, mas acontece pelo desejo de colaborar com a proteção do meio ambiente e de multiplicar as ações educativas e de conscientização.


“Com o aumento do consumo em nossa sociedade, começamos a gerar quantidades exorbitantes de lixo, que por sua vez acabam enterrados em algum lugar que muitas vezes não sabemos onde fica. Lixo este que na maioria das vezes pode ser reciclado ou reaproveitado”, explica a equipe de meio ambiente da AUS.


Ainda segundo os organizadores, a gestão ocorrerá da seguinte maneira: ao longo do campeonato, lixeiras estarão devidamente identificadas para receber cada classe de resíduo.


Lixeiras verdes são para os resíduos recicláveis, lixeiras marrons para os resíduos orgânicos e lixeiras cinza para os rejeitos (materiais não passíveis de reciclagem). Além de identificadas, estará escrito em cada lixeira qual lixo ela aceita.


Os resíduos separados serão então destinados de acordo com suas classes e os resíduos orgânicos terão como destino o Viveiro Caeté. No viveiro, será realizada a técnica de compostagem para que todo material orgânico possa “enriquecer” a terra e produzir novas mudas.
Com relação aos resíduos recicláveis, eles serão entregues para a Central Reciclagem, que os comercializará, diminuindo assim a necessidade de extração de matéria-prima para confecção de novos produtos.

Voltar