Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 06/11/2015

Compartilhar

Disputas do Circuito Estudantil de Surf de Ubatuba começam no Perequê-Açu


Foram para a água nesta quarta-feira as baterias da Seletiva Sul e o evento termina no sábado, quando acontece o Confronto Final
A terceira edição do Circuito Estudantil de Surf começou nesta quarta-feira, 4, na praia do Perequê-Açu. O evento conta com as categorias Masculino Sub 12, Sub 16, Sub 18, Feminino Sub 14 e Sub 18 e reúne mais de 200 alunos de diferentes instituições de ensino, de norte a sul de Ubatuba.
Neste primeiro dia de disputas, foram para a água as baterias da Seletiva Sul. Em ondas de menos de meio metro, a garotada mandou ver e arrancou aplausos do público, que marcou presença mesmo sob chuva fina.
Os quatro primeiros de cada categoria classificaram-se para o confronto final, no sábado, 7. As categorias Masculino Sub 16 e Sub 18 contam ainda com uma espécie de repescagem para os quintos e sextos colocados.
O campeonato continua nesta quinta-feira, 5, com as baterias da Seletiva Norte/Oeste. Na sexta-feira, 6, é vez da região Central.
Resultados Seletiva Sul
Na Masculino Sub 12, Gabriel Souza, 10 anos, arrepiou as ondinhas e saiu da praia como campeão. Aluno da escola Altimira, o pequeno mora no Vivamar e disse ser emocionante escutar o público na praia.
“A gente pega a onda e o pessoal começa a vibrar e gritar. É muito legal. Agora vou com tudo para o confronto final”, prometeu Souza.
Na Feminino Sub 14, Naire Marques, 9 anos, filha de André Lanfer, pesquisador do CPTEC responsável pela previsão do mar do Ubatuba Pro Surf, faturou o título.
Aluna da Cooperativa, ela comemorou a evolução. “Ano passado fiquei em segundo lugar. Agora consegui ganhar, que legal”, contou Naire.
Na Masculino Sub 16, Kauã Terra, 13 anos, deu show. Campeão da Sub 12 em 2014, ele vem treinando firme na praia Grande e na Itamambuca em busca de evolução.
“O mar está pequeno, mas vem uma série boa. Vou continuar com o pensamento de passar bateria por bateria até o título do confronto final”, comentou o aluno da Cooperativa.
A bateria final da Feminino Sub 18 foi disputadíssima, com ondas computadas depois da sirene. Pupila de Beto Cardia, seu técnico desde pequena, Rayra Charleaux, 15 anos, quebrou as marolas e levantou a torcida da escola Sueli.
“Fico amarradão em ajudar na evolução dela. Esse evento é um ótimo treino para o campeonato brasileiro na Itamambuca”, avaliou Beto. “Estou muito feliz com a vitória”, vibrou Rayra.
Já na Masculino Sub 18, Weslwy Rodrigues, 17 anos, teve que surfar muito para derrotar seus adversários. Aluno da escola Florentina, o local das Toninhas levou a bateria na última onda. “Tomei a virada no fim, mas consegui achar aquela última e ganhei. Agora é esperar o confronto final”, declarou Rodrigues.
O Circuito Estudantil de Surf é apresentado pela Prefeitura de Ubatuba e organizado pela Associação Ubatuba de Surf.

 

Voltar